Luiz Gustavo é o 8º bebê nascido este ano em Piaçabuçu, e o 63º em menos de 14 meses de gestão

Equipe comemora o sucesso do nascimento de crianças, por parto normal, realizado na Casa Maternal Mãe Luiza.

Na manhã desta quarta-feira (21), na Casa Maternal Mãe Luíza, em Piaçabuçu, a jovem Vanessa deu a luz a Luiz Gustavo. O bebê de 3,650kg nasceu de parto normal com muita saúde, graças ao pré-natal realizado pela rede pública de saúde municipal, e foi recebido pela equipe da Casa Maternal com muito orgulho, pois Gustavo é a 63ª criança nascida em menos de 14 meses.

“Eu só tenho agradecer ao pessoal da Maternal pelo carinho comigo e com meu filho, que graças a Deus nasceu saudável e veio ao mundo com todo o cuidado das enfermeiras”, agradeceu Vanessa.

Após o nascimento de Luisy Mycaelly, o primeiro bebê nascido na Casa Maternal Mãe Luíza de Piaçabuçu em 2018, a equipe traçou o plano de atendimento eficiente para que os partos fossem realizados com total segurança.

“A cada bebê que nasce em Piaçabuçu temos a prova que a equipe está trabalhando de forma correta, e que novas metas serão alcançadas no atendimento as nossas gestantes” falou confiante Genisson Branco, coordenador da RH da Casa Maternal.

Segundo o Prefeito Djalma Beltrão, a saúde em Piaçabuçu vem recebendo investimentos na infraestrutura com reformas de postos de saúde e compra de equipamentos; em medicamentos para as farmácias das UBS, compra e manutenção de ambulâncias para agilizar o atendimento a população.

“O serviço público tem que atender as necessidades do povo; se não faz, não cumpre de fato o seu papel”, enfatizou o Prefeito.

Os principais problemas de saúde enfrentados atualmente no Brasil por indicadores do SUS (Sistema Único de Saúde), apontam óbitos relacionados a complicações na gravidez, parto e pós-parto.

De acordo Secretária de Saúde Paula Castro, são exemplos de mortes que podem ser evitadas em sua quase totalidade, com o pré-natal e exames realizados pelas equipes de médicos e profissionais da saúde nas UBS do município.

“Nossas unidades estão realizando um trabalho muito eficiente não apenas com gestantes, mas com toda comunidade que necessita dos serviço da rede pública”, afirmou Paula.

Por ASCOMCE

About The Author

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *