Início Noticias Agricultura Começa a dragagem no rio Canduípe em Feliz Deserto

Começa a dragagem no rio Canduípe em Feliz Deserto

452
0
COMPARTILHAR

A parceria entre a prefeitura municipal de Feliz Deserto, por intermédio da secretaria de Defesa Cívil e da secretaria de Meio Ambiente e Pesca, e a Usina Coruripe continua a render frutos, concretizando os tão aguardados serviços de dragagem no rio Canduípe, principal córrego que corta a cidade.

A execução dos referidos serviços foi viabilizada a partir dos entendimentos mantidos entre a prefeita Rosiana Beltrão, juntamente com o vice-prefeito Jorge Nunes, e a direção da Usina Coruripe.

O equipamento de escavação e dragagem alocado pela Usina Coruripe vai atuar no local, com o objetivo de realizar os trabalhos técnicos de manutenção e limpeza dos leitos e margens, que deverão levar cerca de 15 dias ininterruptos para serem concluídos.

As atividades tiveram início na manhã desta terça-feira, 03, com a retirada de grandes quantidades de lixo urbano, lama e vegetação que obstruia o curso do rio. “Dessa forma, fazemos a prevenção contra enchentes e melhoramos consideravelmente a qualidade de vida das pessoas que moram nas proximidades”, destacou a prefeita Rosiana Beltrão.

A poluição dos corpos hídricos gera acúmulos, cada vez maiores, de matéria orgânica nas águas, provocando aumento da vegetação aquática, diminuição do oxigênio e a mortandade de peixes. A deposição de sedimentos é responsável por alterações quanto ao fluxo das águas, ocasionando  grandes enchentes e expondo as comunidades à insalubridade, por força da proliferação de várias doenças decorrentes dos alagamentos.

A máquina foi disponibilizada graças ao apoio do gerente agrícola Alberto Toledo,  e o supervisor de estradas Elismario Moraes vem dando esse suporte diário.

Por isso, o processo de desassoreamento e tratamento das águas vai melhorar significativamente a paisagem local e a qualidade de vida na cidade.

“Durante a limpeza, será retirado todo tipo de material que esteja obstruindo a passagem das águas, tais como sedimentos, galhos, resíduos sólidos e entulhos em geral, de modo que o curso do rio volte a fluir normalmente, diminuindo-se o risco de alagamentos em períodos de chuvas. Um serviço de grande relevância para a população de Feliz Deserto”, concluiu a prefeita.

 

Por ASCOMFD

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui